Como montar uma pizzaria e ganhar dinheiro com delivery

Neste artigo, você vai ver como montar uma pizzaria e contamos vários detalhes sobre o assunto. Confira!

Tempo de leitura: 35 minutos

Quando a gente ingressa em algum ramo, seja qual for, é essencial entender pelo menos um pouco sobre a forma como tudo funciona, concorda? Então, quando você vai entrar na área de foodservice, vendendo pizza, é necessário compreender bem como montar uma pizzaria.

Pensando em ajudar você nessa missão, nós criamos este artigo super completo sobre o assunto! Aqui você vai saber desde quais são os primeiros passos para montar uma pizzaria até uma ótima de forma de já automatizar os seus — futuros — pedidos! Continue lendo para ficar por dentro de tudo!

Quer receber mais pedidos pelo WhatsApp da sua pizzaria?

Tenha atendente virtual, cardápio digital e diversas funcionalidades para alavancar suas vendas. Não perca mais pedidos por falta de atendimento nas redes sociais. Faça o seu cadastro e teste a Anota AI por 7 dias grátis!

Quais são os primeiros passos de como montar uma pizzaria?

Quando falado em como montar uma pizzaria, existem 5 pilares que, tratando-se de um delivery, você precisa ter muito bem determinados. Eles são:

  1. posicionamento;
  2. público-alvo;
  3. controle financeiro;
  4. processos eficientes;
  5. e as pessoas que executam esses processos.

Entre eles, podemos dizer que os mais importantes e que vão guiar não só o restante como todo o seu negócio são o seu posicionamento e o público-alvo — juntinho mesmo. Mas por quê? Bom, com uma empresa bem posicionada e com um público-alvo bem estipulados, as chances de ocorrerem erros primários caem bastante. Como assim?

Bom, pensa só, com esses dois pontos definidos, você vai conseguir planejar suas estratégias de marketing sem erros, vai poder construir o seu cardápio, de acordo com o que você sabe que o público quer consumir e até a contratação dos seus funcionários também vai ser de acordo com “quem” a sua pizzaria é e com o perfil de pessoas que serão atendidas.

Por exemplo, você vai abrir o delivery de uma pizzaria que valoriza ingredientes cuidadosamente selecionados, com a massa artesanal, molhos feitos na casa etc. Pense nas seguintes perguntas: 

  • “Na hora de montar o seu plano de marketing, será que cabe bolar promoções de combos com 5 pizzas em um valor baixo?”; 
  • “Na hora de pensar no seu público-alvo, será que suas opções são do gosto de faixas etárias e camadas sociais diversas ou se encaixam dentro de um nicho?”; 
  • “Na hora de contratar um funcionário, seria vantajoso chamar alguém que não conheça de massas artesanais e os ingredientes que você usa?”. 

Ao responder a essas perguntas, você vai ver como estabelecer bem esses dois fatores é muito importante.

Aí, após saber isso, você consegue pensar em como fazer o seu controle financeiro, em como inserir processos no dia a dia que sejam eficientes para o seu delivery e começar a traçar um perfil do funcionário que quer ter.

Aliás, assista a este vídeo, para saber sobre os modelos de contratação para restaurante!

Vender pizza dá lucro?

Como um dos resultados da pandemia da Covid-19, muitas pizzarias abriram por todo o país. E isso fez o quê? Que a concorrência aumentasse muito. Mas lembra do papo do tópico anterior, sobre o seu posicionamento? Então. É ele quem vai dizer se vender pizza dá lucro.

Isso porque é possível encontrar, no mercado, pizzas de R$ 20,00 e de R$ 85,00. Dessa forma, quem que vende o prato por R$ 20,00 quer ganhar no volume. Então, pode-se presumir que a concorrência, nesse caso, será das pizzarias que apostam mais no volume também.

Se, na definição do seu negócio, você pensou em oferecer uma pizza com um preço por volta de R$ 45,00, vai estar na média ali entre o vender uma certa quantidade e ainda poder paquerar com a exclusividade de alguns sabores.

Mas, quando o seu preço de pizza é mais alto, girando em torno de R$ 90,00, o que você quer vender também engloba a experiência que é desfrutar de uma massa mais exclusiva, de ingredientes importados, como a trufa, e até da harmonização desse prato com um bom vinho, sabe?

Então, dentro desses 3 cenários, você vai precisar fazer o seu controle financeiro, trabalhar o seu marketing, treinar seu atendimento, sua cozinha e criar um plano de vendas muito bem estruturado

Logo, respondendo à pergunta do intertítulo, vender pizza pode dar bastante lucro, mas é preciso se planejar muito bem como montar uma pizzaria. 😉

Para ajudar você a precificar os seus pratos, recomendamos que assista a este vídeo, explicando um pouco sobre o assunto. Olha só!

Como abrir uma pizzaria: quais equipamentos são indispensáveis?

Pensando em como montar uma pizzaria, muitos empreendedores se deparam com a dúvida sobre o que é preciso ter para abrir uma pizzaria. Então, pensando nisso, nós listamos, abaixo, 5 equipamentos que você não pode nem pensar em deixar de ter. Confira!

1. Processador de alimentos

Para preparar os ingredientes que vão nas pizzas, um equipamento que pode salvar um tempinho aí no preparo dos seus pratos é o processador de alimentos. Com ele, você poderá variar nos seus molhos — como o vermelho e até um pesto — e conseguir fazer algo mais artesanal, o que é supervalorizado em pizzarias.

2. Masseira

Já pensou gastar um tempão de energia física para misturar, amassar e abrir as massas das suas pizzas? É um baita trabalho que pode ser evitado, né? Então, o segundo equipamento que a gente está elencando aqui é a masseira.

Com ela, algumas etapas de fabricação da massa ficam por conta da máquina, sendo essencial para você ganhar tempo. Faz o teste aí de uma massa feita com o trabalho braçal e outra com a masseira e conta quanto tempo você e a máquina levariam para fazer cada pizza!

3. Fogão

Depois de fazer a sua massa bonitinha e manipular alguns ingredientes, outro eletro que é muito necessário em uma pizzaria é um bom fogão industrial. 

Ele precisa ser bom, porque alguns dos seus ingredientes-chave, tipo bacon, ovo e o próprio molho de tomate serão preparados nele, não é? Então, não ter problemas na hora de prepará-los vai salvar muito do seu tempo.

4. Forno para pizzaria

Talvez este seja o equipamento que todo mundo pensa em ter primeiro. E ele é, sim, bem importante para se ter uma pizzaria, então vamos usar mais palavras para falar sobre ele. 

O forno acaba sendo muito importante porque uma parte da qualidade do seu produto final vai depender, principalmente, dele. Afinal, se ele não for bom, pode arruinar toda a sua receita.

Os fornos podem ser divididos em 3 tipos para você escolher: à lenha, a gás ou elétrico. Cada um deles pode oferecer um custo-benefício para o seu delivery, por isso é bom ficar ligado se a sua escolha vai dar conta da sua demanda e como ele pode entregar benefícios.

Por exemplo:

  • o forno elétrico possibilita que você asse mais pizzas por vez, mas ele tem um custo operacional mais alto;
  • o forno à lenha é uma proposta mais tradicional e mais econômica, porém, se não é bem manipulado, pode defumar sua cozinha inteira;
  • já o forno a gás não faz toda essa fumaça, além de sere compacto, produzido e comercializado pela indústria.

5. Mochila térmica para delivery

Quando o seu caso é de ter um restaurante e oferecer o serviço de delivery, um equipamento que muitos não pensam, mas acaba sendo crucial é a mochila térmica para entregas. Sabe por quê?

Porque de nada adianta investir em bons equipamentos, um forno feito especialmente para o seu negócio se, na hora de entregar, a pizza chegar fria, revirada, dura ou murcha, sabe?

Então, na hora de comprá-la, pense em características importantes, como:

  • ter tamanho suficiente para caber sua maior pizza;
  • ter um isolamento térmico bacana;
  • ter o seu logo estampado do lado de fora.

Por que ter um bom cardápio na pizzaria?

Pensa aqui conosco: é 2022, você está pensando em como montar uma pizzaria, e pensa em abarrotar o seu cardápio com os mais variados sabores de pizza. Em uma primeira análise, essa parece ser uma boa ideia, afinal, quanto mais opções, supostamente mais pizzas você venderia, certo? Então… pode ser que não. 😬

Acontece que se esse fosse o pensamento lá no início dos anos 2000, poderia até fazer sentido, mas em 2022, o consumidor geral mudou um pouco e ele pode dar mais valor a comer uma pizza diferente do que comer um montão de pedaços, sabe?

E é aí que entra a parte estratégica de formular bem o seu cardápio. Você deve conhecer o seu público e saber quais são os sabores mais queridos por eles. Desse modo, invista nesses sabores, pois, assim, você consegue evitar desperdícios ao gastar capital com ingredientes de pizzas que não são vendidas normalmente.

Existe até uma ferramenta bem legal do Google que você consegue fazer pesquisas em um formulário. Com ele, por exemplo, você consegue criar um questionário para conhecer melhor o seu freguês, saber sobre suas preferências de consumo e poder montar um bom cardápio para a sua pizzaria.

Como encontrar bons fornecedores?

Outra ação muito importante no processo de como montar uma pizzaria e ganhar dinheiro é saber escolher os seus fornecedores direitinho. Afinal, quando você encontra pessoas confiáveis para trabalhar em conjunto é um ganha-ganha, não é?

Então, se liga nas nossas dicas sobre como encontrar bons fornecedores para fazer suas parcerias!

1. Certifique-se da qualidade dos alimentos

Quando se trabalha com alimentação, é de extrema importância que o dono do estabelecimento dê conta da qualidade e da origem dos alimentos que usa em seus pratos. Isso porque, no fim das contas, é com eles que seus clientes vão se alimentar e ter qualquer tipo de problema, como uma infecção, é muito grave.

Ademais, com a conscientização que temos hoje e com a mudança de pensamento em relação à comida, dar preferência a alimentos sem agrotóxicos ou conservantes nocivos à saúde é um ponto que deve ser considerado.

Então, pesquise bastante antes de escolher seus fornecedores, pergunte sobre as condições de produção, manuseio e armazenamento dos produtos e, se for preciso, peça também amostras, para você já checar a qualidade.

2. Negocie preço e condições de pagamento

Na hora que você vai começar a pesquisar sobre os seus fornecedores, vai reparar uma coisa: os preços podem variar demais de um para o outro

E, nessa conta, você pode considerar fatos mais complicados, como a diferença de qualidade e o uso ou não de conservantes prejudiciais para a saúde, até algo mais simples, como a abundância do insumo em certa época do ano.

Mas uma coisa é importante deixar clara: ser mais caro não significa que aquele alimento é melhor, nem que o mais barato com certeza vai ter uma qualidade duvidosa. O que é preciso fazer mesmo é pesquisar, provar e conversar até se decidir.

Além dos preços, também é necessário negociar com os seus fornecedores a forma de pagamento. Se você comprar um volume grande de insumos, talvez seja interessante propôr condições mais vantajosas de quitar esse valor, por exemplo.

3. Converse sobre as formas de entrega e seus prazos

Além de conversar sobre os preços e as formas de pagamento, outro assunto igualmente importante é falar sobre como a entrega será feita e em quanto tempo. E isso acontece porque, no fim das contas, não existe vender pratos se os seus ingredientes não estiverem com você, não é?

Para se organizar, pense em uma boa logística para abastecer o seu delivery, com os períodos certinhos para fazer os pedidos, evitando que você gaste mais ou acabe sofrendo com a falta de alimentos.

Quer ver mais dicas sobre como encontrar bons fornecedores para o seu delivery? Então leia nosso artigo sobre o assunto!

6 dicas de como encontrar e gerenciar fornecedores no delivery

Como montar uma pizzaria delivery?

Para fazer as entregas da sua pizzaria, é preciso ter um bom planejamento. Então, neste tópico, nós vamos tratar mais sobre a logística que é necessária nesse processo. Confira logo abaixo!

1. Use uma plataforma para receber os seus pedidos

Já vamos começar falando que conseguimos ficar longas horas falando sobre plataformas para receber os pedidos de delivery e convidamos você a checar nossos outros posts aqui no blog. O motivo é quede uma forma ou de outra, esse assunto é sempre abordado — e você vai entender melhor nos próximos tópicos, que vamos explicar o nosso serviço. 😉

Mas, puxando sardinha para o nosso lado, ter uma plataforma que auxilie o seu restaurante a receber os pedidos é um divisor de águas para o seu negócio. Para começar, é legal escolher a empresa que vai ajudar você nessa missão e estabelecer os canais que quer usar no delivery. Eles podem ser, por exemplo:

  • número de celular;
  • WhatsApp;
  • apps de delivery;
  • app próprio.

Entre esses quatro, nós recomendamos o WhatsApp, por ser um aplicativo que a maioria dos brasileiros já está acostumada a usar e não demandar tanto trabalho extra — e nós vamos tratar mais sobre o assunto mais adiante.

2. Monitore suas entregas

Essa parte do controle de logística é essencial. Afinal, poucas coisas podem ser melhores para controlar se sua logística funciona ou não do que monitorar as suas entregas. 

Com esse monitoramento, você consegue saber onde os seus entregadores estão e, melhor, pode compartilhar essa informação com o seu consumidor. Assim, ele poderá se programar para receber o pedido direitinho.

3. Calcule a taxa de entrega

Já calcular o valor de taxa de entrega e informá-lo ao seu cliente faz toda a diferença na hora de trabalhar com delivery. Isso porque, dessa forma, ninguém vai pegar o cliente com valores surpresa, sabe?

Além disso, já saber a taxa de entrega serve para o seu restaurante evitar prejuízos e até se programar para ações de marketing, como promoções de entrega grátis, ou taxa fixa em determinada região.

4. Informe e cumpra a previsão de tempo para entrega

Se existe um prazo de entrega para os seus pratos, significa que é preciso respeitar esse tempo. E isso é importante porque, quando o seu cliente foi lá para o check-out e determinou que iria fechar a compra com você mesmo, ele já considerou como fator de decisão o seu tempo de delivery.

“Ah, então talvez seja melhor eu não informar o prazo de entrega”, você deve pensar. Porém, podemos dizer que essa estratégia não é tão legal para as suas vendas, já que saber a previsão de entrega do prato ajuda a acalmar a ansiedade que o freguês tem. Então, informe o prazo e cumpra-o!

5. Conte com soluções em logística

Aqui, você pode ter os seus próprios entregadores ou terceirizar essa etapa com empresas especializadas — ou mesmo usar de marketplaces, como o iFood. O que mais importa aqui é que você trabalhe com soluções — e pessoas — confiáveis, que não vão manchar o nome do seu delivery e farão a entrega de maneira excelente.

Ah, imagina que legal poder aumentar a produtividade da sua pizzaria delivery? Acesse o nosso post sobre o assunto e descubra como fazer isso!

5 dicas para aumentar a produtividade do delivery

Como vender pizza pelo WhatsApp?

Agora que vimos como montar uma pizzaria, lembra que falamos sobre usar o WhatsApp como o principal canal de venda do seu delivery?

Então! Como já pincelamos anteriormente, o WhatsApp é um aplicativo que poucos ainda não usam no Brasil, permitindo que você tenha boas oportunidades de atendimento na sua área de entrega.

Com o aplicativo, você tem a opção de usar a versão Business, para ter algumas funcionalidades que o Whatsapp comum não tem, como o envio de respostas automáticas, a possibilidade de criar um perfil da sua empresa e até enviar o seu cardápio digital!

Outra possibilidade muito interessante para vender pelo WhatsApp é contar com a ajuda da inteligência artificial para conversar com os seus clientes, dentro do app. E é onde a Anota AI entra! Confira o próximo tópico, para ver como podemos ajudar você a melhorar o atendimento do seu delivery!

Que tal saber tudo sobre o como vender no WhatsApp? Parece legal, né? Então, acesse nosso post mais completo sobre o assunto!

Como vender pelo WhatsApp: guia completo para delivery

Como melhorar os seus processos no delivery?

Já sabemos como montar uma pizzaria delivery, agora para tornar o atendimento inesquecível, aumentar as suas vendas e até facilitar a gestão, você pode contar com os nossos serviços! Com a ajuda da Anota AI, você pode escolher um plano que caiba no seu negócio — e no seu bolso — e usufruir da nossa tecnologia, que é muito legal para o seu delivery!

Isso acontece porque, com a nossa parceria, você vai poder usufruir de um robô de atendimento — o famoso chatbot — para interagir com inúmeros clientes ao mesmo tempo, enviando o cardápio e anotando os seus pedidos e já enviando todos os detalhes para a sua cozinha. Mágico, né? 🤖

Ah! Com o nosso atendente virtual e nossas ferramentas de gestão de restaurante, você ainda pode fazer coisas como: programar o seu tom de voz para falar com os clientes, enviar promoções e criar cupons de desconto, para alavancar as vendas em alguma data comemorativa.

E olha que legal: a cada atualização sobre o pedido, o cliente vai recebendo mensagens informativas. Por exemplo, a cozinha recebeu o pedido e começou a prepará-lo? O seu cliente vai receber uma mensagem avisando. 

O entregador coletou a refeição e saiu para a entrega? Ele também vai receber uma mensagem informando isso! Legal demais!

Então, esperamos que depois de ler todas essas informações sobre como montar uma pizzaria, você tenha conseguido ver o que é necessário, se realmente dá lucro e quais são os primeiros passos.E, se quiser saber mais sobre como a Anota AI pode ajudar o seu delivery, convidamos você a conhecer os nossos serviços! 😊

Compartilhe o conteúdo nas redes sociais:

4 respostas

    1. Olá, Junior! Tudo bem? Nós temos um jeito inteligente de cuidar dos pedidos do seu delivery, através do computador do seu estabelecimento será possível automatizar e gerenciar tudo facilmente. Acesse nosso site para saber a melhor opção de planos e serviços, vamos juntos ajudar seu negócio crescer. 😄

  1. Gostaria de saber o valor desse sistema e como funciona em detalhes porque estou em processo de montagem de delivery e gostaria de começar digitalizado

    1. Olá, Marcelo! Nós temos diferentes planos e valores, que vão de acordo com cada funcionalidade que você procura para o seu negócio. Temos planos que iniciam a partir de R$178,99 dependendo da duração da sua assinatura. Aproveite para testar por 7 dias grátis, faça o cadastro no nosso site e automatize seu delivery. 😄

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer automatizar o Whatsapp do seu delivery?

Cadastre-se agora no formulário

Funcionalidades da Anota AI

Histórias de Sucesso

Teste a Anota AI sem pagar nada

Faça o seu cadastro para testar a Anota AI!