Por que incluir opções veganas no seu cardápio?

Você sabe por que é importante incluir opções veganas no seu cardápio? Leia o nosso artigo e descubra como isso pode aumentar as vendas do seu restaurante!

Sumário

Você sabe por que incluir opções veganas no seu cardápio pode ser vantajoso para o restaurante? Conseguir atrair um público ainda maior para o seu negócio ajuda a faturar mais, e para isso, pratos sem carne são excelentes alternativas. Porém, classificar os pratos veganos apenas dessa forma é um erro que muitos cometem.

Por isso, estamos aqui para falar um pouco mais sobre opções veganas para adicionar ao seu cardápio. Além disso, vamos entender melhor o que é essa culinária, seu tamanho dentro do Brasil, entre outras informações importantes. De toda forma, confira o texto abaixo para conhecer alternativas veganas para o seu cardápio!

Afinal, o que são opções veganas no cardápio?

Antes de mais nada, precisamos entender o que são opções veganas para adicionar ao cardápio. Muitos empreendedores do ramo alimentício imaginam que se trata apenas de pratos que não tenham carne em sua composição. Porém, o veganismo vai muito além disso, não ficando restrito apenas às carnes.

Uma pessoa vegana não consome produtos que tenham origem animal, ou seja, vários outros derivados estão inclusos. Sendo assim, queijo, ovo, leite, entre outros alimentos que venham de animais, não são utilizados. Com tudo isso em mente, muitos desanimam dessa culinária, imaginando que ela é muito difícil de ser utilizada.

Porém, apenas mudar o método de preparo de legumes e vegetais já é o suficiente para conseguir um prato totalmente diferente. É possível fazer um pão de queijo utilizando uma receita que não leve ovo ou queijo animais, por exemplo. Hoje, não é difícil encontrar queijos e outros produtos do tipo que são feitos com base de plantas.

De toda forma, é importante entender que o vegano, em geral, não usa produtos de marcas que fazem testes em animais. Por isso, os testes vêm sendo cada vez mais abandonados, e marcas amigas do meio-ambiente vêm crescendo no mercado. O veganismo é mais do que apenas uma dieta, sendo também, o estilo de vida de muitas pessoas.

Buscando formas de automatizar os pedidos do seu delivery?

Essa é sua oportunidade de ter atendente virtual, um ótimo sistema para os seus garçons, cardápio digital para o delivery, conseguir gerenciar seus pedidos e muito mais por um preço muito especial ! Não dá para perder, né? Preencha o formulário!

Veganismo é a mesma coisa de vegetarianismo?

Um ponto interessante a ser abordado quando falamos sobre comidas veganas, é o vegetarianismo. Apesar de muitas pessoas tratarem como a mesma coisa, estamos abordando duas coisas diferentes. Isso porque, a dieta de ambas é diferente, o que influencia diretamente nos pratos a serem servidos.

O vegetariano, por exemplo, não come carne, mas ingere outros alimentos que tenham origem animal. Ou seja, um prato vegetariano pode conter queijo, ovos, entre outros produtos que venham de animais. Dessa maneira, para quem está iniciando nessas produções, essa pode ser uma boa alternativa.

Contudo, o próprio vegetariano pode acabar tendo suas restrições básicas, como comer ovos, mas não tomar leite. Isso porque, boa parte dos vegetarianos estão em processo de “migração’ para o veganismo, se adaptando aos poucos. Por esse motivo, os pratos veganos são mais comuns de serem aceitos por ambos os grupos.

De toda forma, segundo pesquisa feita pela SVB (Sociedade Vegetariana Brasileira), a expectativa é de que, em 2023, o número de vegetarianos no Brasil seja de 40 milhões. Ou seja, 20% do povo brasileiro já não está comendo carne, e pode ter no seu restaurante uma opção mais confiável do que em outros locais.

Vale a pena investir em opções veganas para o cardápio?

Vimos que o número de vegetarianos no Brasil é alto, mas os veganos também são numerosos? Segundo os dados mais recentes divulgados pelo IBGE, os números são bem animadores. Isso porque, cerca de 30 milhões de brasileiros já aderiram a esse estilo de vida, parcela bem significativa da população.

Esse número, somado ao de vegetarianos que já vimos, só nos mostra que existem bastante mercado a ser explorado. Além disso, não são todos os restaurantes que oferecem alternativas para essa parcela da população. Sendo assim, existe um bom campo a ser explorado por quem se aventura nesse meio.

Mesmo que você não foque apenas no público vegano, ainda assim, é interessante fazer algumas adaptações. Isso porque, vai facilitar com que você atinja um público mais amplo, além dos clientes que você já atende diariamente. Aumentar o seu leque de opções pode ser bastante vantajoso para o crescimento do restaurante.

Em todo caso, é possível fazer hambúrgueres veganos, pizzas, pães de queijo, entre outros pratos tradicionais. Com os ingredientes certos em mãos, as adaptações são feitas de maneira bem mais simples do que o imaginado. De toda forma, vale a pena incluir opções veganas no seu cardápio, já que ajuda a alavancar as vendas.

Quais receitas veganas posso adicionar ao meu cardápio?

Enfim, como vimos, as opções veganas para cardápio podem ser boas alternativas a serem adotadas. A quantidade de pessoas que se encaixam nesses grupos é grande atualmente, e por isso, seu restaurante pode se beneficiar disso. Porém, para que isso aconteça, é necessário conhecer alternativas veganas para serem adaptadas.

Por esse motivo, vamos listar 5 pratos que podem ser adaptados para tornar seu cardápio ainda mais abrangente. As opções são diversas e as adaptações podem ser feitas sem maiores dificuldades pelo seu restaurante. Confira!

Yakissoba vegano

Para quem trabalha com comida oriental, saiba que é possível fazer yakissoba vegano. O prato, tradicionalmente, conta com frango ou carne em sua composição, porém, é possível substituir por alguns vegetais. Dessa maneira, o preparo tradicional é mantido, porém, o recheio será um pouco diferente do habitual.

Aqui, alguns vegetais e legumes interessantes de serem adicionados são brócolis, cenoura, repolho e pimentão. O preparo vai da sua preferência, porém, o mais recomendado é cozinhar o brócolis e a cenoura, refogar o pimentão no óleo, cortado em tiras, e refogar o repolho junto de alho e cebola, caso queira em sua composição.

O preparo do macarrão e do molho de soja pode ser feito da forma que você já produz normalmente. Para finalizar o prato, basta misturar os legumes feitos com o macarrão, ajustando temperos e adicionando shoyu. Com isso, o tradicional yakissoba é montado e adaptado para os veganos também saborearem.

RES Anota AI CARNAVAL2024 Banner top 06 02 24 1

O sabor, é claro, não é o mesmo, por conta da diferença de ingredientes, porém, continua gostoso. É importante entender que a culinária vegana é apenas diferente, e não melhor ou pior do que a de quem come carne. Saber isso é tão importante quanto conhecer os nomes de sushis para quem trabalha com comida japonesa, por exemplo.

Risoto vegano

O risoto é um prato da culinária italiana, uma das mais populares do Brasil atualmente. Isso porque, existem muitas famílias tradicionais do nosso país que vieram da Itália, o que cria esse vínculo. Por esse motivo, os pratos do país europeu costumam fazer bastante sucesso em uma parcela significativa da população.

De toda forma, o risoto é um prato que pode ser adaptado para uma versão vegana no seu restaurante. Os ingredientes a serem utilizados são, basicamente, os mesmos, porém, é claro, sem utilizar nada de origem animal. No lugar deles, vamos usar champignon, azeitonas sem caroço, azeite e temperos e legumes à sua escolha.

Porém, recomendamos que, falando dos legumes, cenoura, ervilha, brócolis e couve-flor sejam utilizados. Eles combinam bem com a proposta do prato e costumam trazer um sabor diferenciado no preparo. Em todo caso, o preparo é simples e não vai exigir muito tempo da sua cozinha, facilitando a produção.

Para isso, cozinhe o arroz integral, e faça o mesmo com os legumes, em panelas separadas. Após isso, refogue o champignon, azeitonas e os legumes em um fio de azeite, e junte o arroz na mesma panela, misturando tudo. Depois, basta servir que o seu risoto vegano já está pronto para ser vendido.

Salada no pote

As saladas, em geral, não contam com produtos de origem animal, apesar de existirem outras adaptações. Versões com queijo ou creme de queijo fazem bastante sucesso, mas outras versões também fazem bastante sucesso. Além disso, essa opção costuma fazer bastante sucesso com o público mais voltado para o campo fitness.

Sendo assim, vender salada no pote pode ajudar seu restaurante a conseguir números ainda mais expressivos no mercado. E aqui, não existe um jeito certo ou errado de ser feito, pois cada um tem sua própria receita de salada. Porém, existem ingredientes que acabam tendo uma melhor sinergia do que outros em combinações.

Em todo caso, cenoura ralada, suco de limão, beterraba ralada, tomate, feijão fradinho e quinoa são excelentes alternativas. Tudo isso combina muito bem com tomate, pepino, brócolis cozido, entre outros vegetais e legumes. As alternativas são bem diversas, e você pode criar um cardápio inteiro de salada só dessa forma.

De toda forma, muito cuidado ao escolher a embalagem para salada para fazer o transporte dos seus pratos. Por mais que a ideia da salada no pote seja ser vendida no pote, ainda assim, é importante estar atento a esses pontos. Garanta que tudo chegue nas melhores condições possíveis para serem aproveitadas pelo seu cliente.

Estrogonofe vegano

O estrogonofe é um dos pratos mais populares do nosso país, fazendo sucesso entre diferentes grupos de pessoas. Ele pode ser uma excelente opção vegana, tendo o frango ou a carne substituída por outros ingredientes. Além disso, o molho também deve ser feito de maneira diferente, pois não podemos usar creme de leite.

Aqui, você pode usar aveia para fazer um creme totalmente vegetal, unindo uma xícara de aveia com meia de água. Depois de 30 minutos, bata a mistura em um liquidificador e deixe reservado, pois será o seu molho. Já no lugar do frango ou da carne, vamos utilizar palmito pupunha, cebola picada e cogumelo.

Como tempero, você tem mais liberdade para fazer o molho da forma que achar mais saborosa. Porém, é recomendado utilizar ketchup, tomilho, molho de tomate e mostarda, além de outros que julgar serem necessários. Caso já tenha uma receita própria, faça adaptações, utilizando o seu tempero para se diferenciar da concorrência.

Em todo caso, essa é uma excelente alternativa para adicionar ao seu cardápio digital e para vender marmitas. O estrogonofe é um prato muito popular com o público em geral, e mesmo uma versão vegana, pode atrair um bom público. É uma aposta que tem tudo para dar certo e trazer mais vendas para o seu restaurante.

Pizzas diversas

Além dos pratos já citados, outras opções veganas que podem ser adicionadas ao seu cardápio são os vários sabores de pizza. Porém, é claro, a massa e o recheio não podem levar ingredientes de origem animal. Além disso, o queijo, se for utilizado, não deve ser feito de leite, como estamos mais habituados.

Já existem vários tipos de queijos vegetais disponíveis no mercado, e por isso, você não deve encontrar dificuldades em encontrá-los. Além disso, o recheio é simples de ser feito, e você não deve encontrar dificuldades nesse sentido. Não é preciso usar carne em todos os sabores, como muitas pessoas imaginam.

Existem sabores de abobrinha, berinjela, palmito, manjericão, milho, entre outros, que não levam carne. O único ponto aqui é fazer a substituição do queijo, o que já garante uma boa adaptação. Tudo é feito de maneira bem simples, e o preparo da sua pizza pode ser feito de maneira normal, sem maiores mudanças.

Em todo caso, as opções veganas são bem diversas e você não precisa enxergar essa adaptação como algo negativo. Na verdade, a tendência é de ter resultados ainda melhores no seu restaurante ao adotar essa postura. Além disso, contar com pizzas tradicionais em diferentes regiões do país vão te ajudar a vender mais.

Como vimos, existem diversas opções veganas para adicionar ao seu cardápio e conseguir boas vendas. O número de pessoas que aderiram a esse estilo de vida só cresce, e isso pode ser positivo para o seu restaurante. Porém, é claro, é preciso investir em pratos interessantes e que respeitem as restrições de cada indivíduo.

De toda forma, existem várias alternativas para serem adotadas por diversos tipos de restaurantes. Vários alimentos “padronizados’ da culinária atual podem ser substituídos por alternativas que não afetam os animais. Com esse pensamento, você pode conseguir atingir um público ainda mais amplo dentro do mercado alimentício.

Gostou do nosso artigo? Então, que tal aproveitar a visita para fazer nosso teste grátis de 7 dias? Faça seu cadastro agora mesmo e dê ao seu delivery um upgrade! Você vai ter cardápio digital, pagamento por pix automatizado, vai conseguir atender todos que entram em contato com o seu delivery ao mesmo tempo e muito mais! Preencha o formulário para ver como é!

Compartilhe o conteúdo nas redes sociais:

Ano novo, vida nova e mais vendas para o seu delivery!

Essa é sua oportunidade de ter atendente virtual, um ótimo sistema para os seus garçons, cardápio digital para o delivery, conseguir gerenciar seus pedidos e muito mais por um preço muito especial ! Não dá para perder, né?
 

Venda pelo WhatsApp

Histórias de Sucesso

Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades.

Já são mais de 15 mil restaurantes com WhatsApp automatizado.

Você quer fazer parte disso?

atendimento com anota ai