ifood-vale-a-pena

Será que o iFood vale a pena para o seu delivery?

Será que o iFood vale a pena para o seu delivery? 1

Tempo de leitura: 23 minutos

Com a alta nas plataformas de delivery, especialmente no setor de alimentação, muitos restaurantes, lanchonetes, pizzarias e outros comércios avaliam a possibilidade de realizar o cadastro no aplicativo iFood para oferecerem seus menus de serviços.

Com a premissa de facilitar o contato empresa-cliente, o aplicativo mais popular entre os marketplaces oferece um espaço no estilo “vitrine” para estabelecimentos de food service exibirem seus produtos aos usuários do app.

Como esperado, existem vantagens e desvantagens em utilizar o iFood. Apesar das facilidades e do reconhecimento do público quanto à praticidade desse aplicativo, muitos comerciantes identificaram pontos que podem representar inconvenientes significativos para os restaurantes.

Pagamento de comissão, concorrência demais, dependência de terceiros… Enquanto você expõe seu estabelecimento de forma quase imediata, você também perde um lucro significativo que precisa ser direcionado para o próprio iFood. Afinal, você está usando a vitrine dele, e ele vai querer ganhar com isso.

A seguir, fique por dentro dos 8 pontos que você precisa saber antes de iniciar as suas vendas no aplicativo.

Quais são as vantagens de usar o iFood?

Exposição do comércio

Uma vez que você cadastra o seu negócio no iFood, ele ficará disponível para ser descoberto e visualizado por diversas pessoas em sua área geográfica.

Essa exposição pode representar um aumento no faturamento do seu restaurante, já que além de atender seus clientes antigos, haverá maior facilidade em vender os seus serviços para um público novo presente no iFood.

Facilidade de implementação

Um dos maiores bônus de usar o iFood é a praticidade na hora de começar a utilizar esse recurso.

Como não há grandes burocracias, depois que você passa pela moderação, poderá começar a receber novos pedidos imediatamente. Nesse caso, a implementação acaba sendo um forte presente em todos os aplicativos de marketplace.

Pagamento facilitado

O fato do iFood tornar possível receber os pagamentos de forma segura e garantida é, sem dúvidas, um grande ponto positivo também. O cliente pode escolher métodos de pagamento dentro do próprio app, como cartão de crédito, débito, vale refeição e, recentemente, PIX.

Essa característica dispensa a necessidade de que os seus entregadores circulem pelas ruas com dinheiro em quantidade mais elevadas.

Será que o iFood vale a pena para o seu delivery? 2
#PraCegoVer: Mulher pensativa em imagem com fundo laranja e texto “mas será que vale a pena” ao lado.

Quais são as desvantagens de usar o iFood?

Você deve estar se perguntando quais os pontos negativos após descobrir a facilidade de contar com plataformas de marketplaces. Isso também acontece com muitos empresários: na hora de investir em aplicativos como o iFood, muitos acabam se empolgando com a premissa inicial e só descobrem contratempos após um certo tempo de uso.

Para que você não perca tempo e tampouco sofra com inconveniências futuras, listamos abaixo 5 desvantagens que podem gerar incômodo no seu planejamento anual.

Altas taxas

Como nada é de graça, a taxação nas vendas é um empecilho atual que o iFood apresenta para os comerciantes. Esse é um dos maiores fatores que faz com que muitos desistam de utilizar a plataforma.

Além dos restaurantes serem obrigados a pagar uma mensalidade para usar o iFood (sim, existe uma mensalidade), que varia de R$ 80 a R$ 100, é cobrada também uma taxa sobre cada pedido processado na plataforma.

Essa porcentagem, que varia entre 12% e 27% sobre o total do pedido (incluindo a entrega), faz com que a margem de lucro sobre o produto vendido seja menor ou até negativa em alguns casos. Em um estudo realizado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, chega-se a conclusão de que a margem média de bons restaurantes é de 15% a 20% sobre o produto vendido.

O que muitos restaurantes no Brasil fazem é colocar na conta de produção somente o custo da matéria prima (pão, massa, tomate, alface, etc). Porém, ao focar apenas nesse ponto, eles acabam deixando de fora da conta todo o resto, como: mão de obra, conta de luz, gastos com gás, aluguel, impostos ,etc.

Como resultado, a maior parte destes estabelecimentos “morrem” em seus primeiros anos de operação por não saberem quanto é o custo real de produção dos seus produtos.

Você trabalha com iFood? Quer saber quanto dinheiro perde ao pagar as taxas do aplicativo? Clique aqui e utilize nossa calculadora de taxas gratuitamente!

Você já percebeu que muitos restaurantes vendem seus produtos acima do preço original no iFood? Uma pizza, por exemplo, que você compraria por 25 reais pelo cardápio oficial do estabelecimento acaba saindo por 30 dentro do marketplace. Essa é uma das estratégias utilizadas por empresários na hora de usar essa vitrine terceirizada.

Apesar de ser uma forma atual para escapar da perda nos lucros, muitos clientes podem se sentir aborrecidos por terem de gastar a mais só pelo “conforto” proporcionado pelo app.

No final das contas, será que você sabe qual a margem que você ganha em seus produtos? Caso sua margem seja 2x a taxa de aplicativos de pedidos, você tem uma renda saudável. Caso contrário, terá que vender em maior quantidade para sobreviver em um mercado cada vez mais competitivo e exigente.

Como o iFood me paga?

Os pedidos com pagamento realizado pelo app no iFood são repassados ao restaurante via transferência bancária em até 30 (trinta) dias com taxa de 3,5% por pedido.

Ou seja: se muitos clientes optarem pelo pagamento online no aplicativo ao invés de pagar na entrega, você só verá esse dinheiro na sua conta após uma espera de quase 1 mês. Isso não funciona para estabelecimentos que precisem receber o lucro com urgência.

Dependência da plataforma de terceiros

Se para aumentar a visibilidade para os usuários do iFood existem taxas a serem pagas, outra desvantagem que surge é a dependência do uso de plataformas de terceiros que o aplicativo pode acabar criando.

aumentar vendas whatsapp

Os termos de uso, regras, taxas e demais regulamentos podem ser mudados a qualquer momento. Nesse sentido, apesar da maior exposição do restaurante, é necessário considerar que essa dependência é uma desvantagem significativa para o negócio.

Nenhum app de marketplace oferece total liberdade e autonomia para os estabelecimentos que trabalham com ele. É por isso que um aplicativo próprio e um sistema de delivery individual são cobiçados por empreendedores que desejam se livrar das amarras de terceiros.

Concorrência elevada

Enquanto você ganha mais exposição para um público cada vez maior, os concorrentes diretos do seu estabelecimento também ganham.

Ao pesquisar o termo “pizzarias” no app, o consumidor é bombardeado com várias opções do mesmo ramo. Lembra que apontamos o iFood como uma grande vitrine de food service? É espaço de sobra para colocar vários restaurantes lado a lado, dificultando qualquer estratégia que você tenha para fazer seu estabelecimento se sobressair – até porque todos tem o mesmo espaço disponível.

Os critérios de visibilidade do iFood dependem das avaliações dos clientes. Portanto, se houverem deslizes, desentendimentos e outros imprevistos que são comuns aos comércios de alimentação, isso pode significar uma média menor e uma queda na credibilidade do restaurante no iFood.

Um cliente faminto não vai perder tempo navegando até o fim da página para encontrar seu restaurante, por exemplo. Ele vai optar pelos primeiros 10 que aparecerem em ordem de importância.

Pouca proteção contra trotes

Outra ação pouco mencionada que vem ganhando força nos últimos meses e trazendo prejuízos aos comerciantes são os trotes.

O iFood ainda não cobre esse tipo de custo e não tem ações concretas para ajudar o restaurante afetado a tomar as devidas providências caso um trote ocorra.

Já houveram casos de clientes que fizeram um pedido, receberam ele em casa e deixaram avaliações negativas dizendo que o entregador não fez a entrega.

Como citado no tópico anterior, a relevância do estabelecimento depende das notas do consumidor. Restaurantes que trabalham com o iFood correm o risco de receberem notas negativas por pura malícia através desses trotes.

E qual opção você tem?

Você pode utilizar o iFood como uma estratégia para ampliar seu público, mas não precisa focar todos os seus esforços nesse aplicativo. Isso se chama “captação de clientela”. Enquanto você atrai novos rostos ao seu estabelecimento, seu foco verdadeiro fica nos seus próprios canais de venda.

Após obter novos seus clientes através desses aplicativos pagos, encoraje-os a fazer pedidos pelos seus canais de atendimento. Busque aumentar as suas vendas com o WhatsApp Business, com sua página no Facebook, conta no Instagram ou com seu próprio site. Chamamos isso de “migração de clientes”.

Existem diversas estratégias para conseguir tal façanha. Um ótimo exemplo é divulgar, na embalagem do seu produto enviado pelo iFood, promoções exclusivas ou cupons de desconto para pedidos feitos somente pelo WhatsApp. Você também pode divulgar as suas redes sociais e pedir para que acompanhem seu delivery por lá!

Autoatendimento para WhatsApp e Messenger

Para colaborar com o atendimento ao cliente pelas redes sociais, é essencial ter um sistema de atendimento automatizado. A automação de delivery auxilia sua rotina e te permite atender todos os seus clientes ao mesmo tempo!

Mas como fazer isso?

Utilizando um sistema de atendimento automatizado para WhatsApp e Facebook! Temos um perfeito para você -> o sistema do Anota AI. Ele te oferece um atendente virtual para responder automaticamente as principais dúvidas dos seus clientes, simulando uma conversa real graças à Inteligência Artificial disponível no chatbot.

Além disso, você também vai ter acesso a um cardápio digital e uma plataforma completa para gerenciamento dos pedidos que vão chegar na sua cozinha. Tudo isso vai deixar que seu delivery receba pedidos em todos os canais de atendimento e conte com diversos outros serviços do Anota AI! Veja como funciona:

Ficou interessado em saber mais? Entre em contato com a gente! E se você quiser conhecer todas as vantagens que um sistema próprio pode oferecer no lugar de um marketplace, clique aqui. Vamos te explicar tudo na prática!

Concluindo

No fim das contas, vale mais a pena divulgar o número do seu delivery nas redes sociais do que depender da sua conta no iFood. Vender pelo WhatsApp te garante 0 taxas e fácil conexão com o cliente no pós-venda.

Você também vai se livrar da dependência e garantir que seus clientes comprem do seu restaurante com promoções enviadas diretamente para o número do contato. Ao depender do aplicativo do iFood, seus clientes podem acabar reconsiderando a compra e escolhendo outro restaurante que surja primeiro durante a navegação.

Que tal assistir a essa matéria pelo YouTube? Fizemos um vídeo especial para apontar todas as considerações presentes nesse post. Olha só:

Explicamos todas as suas dúvidas? Ainda resta alguma questão a ser resolvida? Deixe um comentário!

E pra não perder mais conteúdo como esse, cadastre-se na nossa newsletter e esteja sempre à parte de todos os benefícios em automatizar as suas vendas do WhatsApp e Facebook.

Até a próxima! 🤖💙

Anota AI

A Anota AI é uma empresa brasileira fundada em 2018, atuante no ramo de automatização e especializada em atendentes virtuais para restaurantes. A plataforma está presente em todos os estados brasileiros, sendo utilizada por donos e donas de restaurantes, pizzarias, hamburguerias, açaíterias, lancherias, cafeterias, empresas de sushi, marmitex, bebidas, salgados e doces. Acesse o nosso site para conhecer o nosso sistema! :)

12 thoughts to “Será que o iFood vale a pena para o seu delivery?”

    1. Isso mesmo, Hilton! Você pode possuir um motoboy próprio, ou então, contar também com um sistema de entrega. O Anota AI já possui integração com sistemas de entrega, assim você gerencia os pedidos e também tem motoboys terceirizados.

    1. Olá, Alexandre! Nós não temos integração com o iFood, pois a intenção do sistema é que seu delivery atenda por canais próprios, como WhastsApp e Facebook. Se você já tem um delivery de comida, acessa o nosso site e preenche o formulário para a gente entrar em contato e explicar os nossos serviços https://bit.ly/2LGf4ED 😀

    1. Olá, Maicon! O valor da mensalidade depende de quais serviços e por quanto tempo o cliente vai querer possuir. Se você já tem um delivery de comida, acessa o nosso site e preenche o formulário para a gente entrar em contato e explicar os nossos serviços 😄

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *